ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Plataforma Reforma Política

Projeto Juventude Quilombola inicia suas ações

16/09/2014



O segundo semestre do ano foi marcado no CAA pelo início do Projeto Juventude Quilombola. Com o patrocínio da PETROBRAS, a iniciativa visa, através de diversas ações de formação e mobilização social, gerar renda e oportunidade de trabalho para jovens rurais em situação de extrema pobreza e vulnerabilidade social de Comunidades Quilombolas do território de Irecê.


Previsto para durar dois anos, o projeto visa capacitar jovens Quilombolas para a gestão de Unidades Produtivas Familiares e Empreendimentos Econômicos solidários em suas comunidades, potencializando suas ações a partir da produção agroecológica e beneficiamento dos produtos da agricultura familiar. O projeto visa ainda estimular o ingresso e incremento dessa produção em mercados institucionais, locais e territoriais.


Outro enfoque importante será o desenvolvimento de ações para o fortalecimento da Identidade Cultural Quilombola e Afrobrasileira dos jovens envolvidos no Projeto, através de processos educativos, sócio-organizativos e políticos locais, que evolverão as lideranças e toda a comunidade. A ideia é que os jovens possam, além de fortalecer a produção e comercialização de suas Unidades Produtivas Familiares, reconhecer sua identidade negra e quilombola como ponto central para a autonomia e fortalecimento de sua atuação social.


De acordo com informações da Coordenação do CAA, o Projeto juventude quilombola é pioneiro na região, pois se propõe a atuar em diversas vertentes na realidade dos grupos quilombolas do território de Irecê – grupos estes que, ao longo da história, vem se deteriorando frente aos diversos processos de exclusão, migração e colonização que estão expostos.


Nesse sentido, estimular a organização e emancipação dos jovens quilombolas assume papel ainda mais importante. Afinal, como afirma o texto do Projeto em questão, “é necessário um esforço coletivo para aproveitar o potencial desses grupos para garantir geração de renda através do comércio justo e solidário, para que os Jovens Quilombolas saiam da situação de pobreza e extrema pobreza em que se encontram”.


Para tanto, é de suma importância que ações como o Projeto Juventude Quilombola se expandam em todo o Estado e nação. Só assim Bahia e Brasil poderão estimular de forma efetiva a organização das comunidades tradicionais e garantir a participação de todas as classes num processo de emancipação que gere inclusão produtiva e social.


Abrangência do projeto


O Projeto Juventude Quilombola atuará em oito comunidades quilombolas dos municípios de Barro Alto, Canarana, Ibititá e Lapão, no território de Irecê. Ao todo, serão inseridos nas ações 200 jovens Quilombolas, entre 18 e 29 anos, organizados em diversos grupos e associações comunitárias, destacadas por sua luta e engajamento social na região.


Fonte: Centro de Assessoria do Assuruá

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Agenda 2030

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca