ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Pão Para o Mundo
  • REDES

    • Plataforma Reforma Política

Uma jornada pela Agricultura Familiar, Camponesa e Indígena em Pernambuco

07/10/2014

Banner Eletronico Sabia Agricultura

 

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) declarou 2014 como o Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF). No Brasil, o ano foi declarado de Ano Internacional da Agricultura Familiar, Camponesa e Indígena (AIAFCI), considerando a diversidade que se tem no campo brasileiro. Para celebrar o ano e colocar em evidência essa diversidade de culturas, o Núcleo de Agroecologia e Campesinato (NAC) da Universidade Federal Rural de Pernambuco(UFRPE) em conjunto com movimentos sociais, fóruns, redes e articulações que atuam em Pernambuco, promovem entre os dia 15 e 16 de outubro a Jornada Povos de Pernambuco: Diversidade, Território, e Soberania Alimentar. O evento acontece no prédio do CEGOE – no Campus da UFRPE, em Dois Irmãos, no Recife.

A jornada vai reunir povos indígenas, pescadores/as, quilombolas, comunidades de terreiros, agricultores/as familiares, assentados/as e acampados/as de reforma agrária para mostrar a importância do trabalho e da cultura dos/as que vivem no meio rural brasileiro, em especial de Pernambuco. “Compreendemos que é uma grande oportunidade que temos para dar visibilidade a esses povos e os/as campesinos/as. Vai ser uma amostra da enorme diversidade de expressões culturais que compõem o povo pernambucano”, explica o professor e um dos coordenadores do evento, Marcos Figueiredo.

Para mostrar essa diversidade para estudantes, professores/as e a população recifense, serão armadas instalações pedagógicas, formando um cenários onde os Quilombolas do Sertão, os Xukuru do Agreste, os/as pescadores/as e assentados/as da Zona da Mata apresentem e dialoguem com os/as visitantes sobre a sua cultura, sua produção e a realidade do seu território. Serão momentos de compartilhamentos de conhecimentos e de construção de laços do rural com o urbano. Para contribuir com os diálogos e o momento, o representante nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), João Pedro Stédille também se fará presente.

A programação da jornada tem início com o lançamento do livro A Dialética da Agroecologia, do professor e pesquisador Luiz Carlos Pinheiro Machado, no auditório da Associação dos Docentes da Universidade Federal Rural de Pernambuco (ADUFERPE), em Dois Irmãos, no Campus da UFRPE, no dia 15 de outubro, às 19 horas. No dia 16, as atividades iniciam à 08h no pátio externo do CEGOE, que fica no mesmo local. Até o meio dia, os/as participantes podem desfrutar das conversas e dos visuais diversos visitando as sete instalações pedagógicas. Na parte da tarde haverá uma mesa de conversa com Stédille e lideranças rurais. O evento é aberto ao público.

Fonte: Centro Sabiá, por Laudenice Oliveira

Leia mais: 

Palavra a favor da vida (Confira a entrevista que O Canto do Sabiá fez com o autor, Luiz Carlos Pinheiro Machado, autor do livro “A Dialética da Agroecologia")

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 81 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca