ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • ALOP

Ativista do feminismo negro Lélia Gonzalez é a homenageada em Recife

02/03/2015

LeliaGonzalez
No centro cultural feminista do SOS Corpo, localizado no bairro da Madalena, no Recife, será realizado na próxima terça-feira, 03/03, o lançamento da nova edição do Projeto Memória da Fundação Banco do Brasil que, em parceria com a Rede de Desenvolvimento Humano (Redeh) e Brasilcap, presta homenagem à feminista negra Lélia Gonzalez.

Historiadora, filósofa, autora de livros e diversos artigos, Lélia Gonzalez foi uma das fundadoras do Movimento Negro Unificado (MNU) e professora da PUC-Rio durante dezoito anos. Seu ativismo ultrapassou fronteiras nacionais. Lélia dialogou com lideranças negras internacionais, dentre elas: a ativista negra norte-americana, Angela Davis e o cubano Carlos Moore, dentre outras (os).

Como intelectual de destaque, seu pensamento teórico contribuiu para a formação de uma consciência crítica em relação aos preconceitos que mantêm mulheres negras em desvantagem na sociedade. A homenageada nasceu no dia 1º de fevereiro de 1935, em Belo Horizonte, e morreu aos 59 anos, em 1994, no Rio de Janeiro, deixando um grande legado para as universidades, organizações negras e organizações de mulheres negras.


Programação

O evento contará com a participação da coordenadora executiva da Redeh, Schuma Schumaher, que coordenou essa nova edição do projeto. Schumaher trará ao Recife a exposição Lélia Gonzalez – o feminismo negro no palco da história. Na abertura, serão lançados um documentário e um livro fotobiográfico.

Após a abertura da exposição, a socióloga e ex-ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, falará sobre a contribuição de Lélia Gonzalez, numa roda de conversa com estudantes, pesquisadores/as e integrantes dos movimentos sociais.

Para José Caetano de Andrade Minchillo, presidente da Fundação BB, a iniciativa contribui para a preservação da memória cultural brasileira. “Com esta edição do Projeto Memória a instituição presta justa homenagem a Lélia Gonzalez e à sua obra em prol das igualdades sociais de gênero e raça” afirma.


Serviço:

Projeto Memória “Lélia Gonzalez: O feminismo negro no palco da história”
- Roda de conversa com Luiza Bairros, socióloga e ex-ministra da Seppir
- Lançamento de documentário e livro fotobiográfico + Exposição
Data: 03/03/2015
Horário: a partir das 18h
Local: Centro Cultural Feminista do SOS Corpo
Endereço: Rua Real da Torre, 593, Madalena, Recife PE, Telefone: (81) 3087.2086


Mais Informações:

Paula de Andrade / comunicação do SOS Corpo – (81) 99215409

Página do SOS Corpo no Facebook: https://www.facebook.com/sos.corpo.9?fref=ts

Perfil no Twitter: https://twitter.com/lutafeminista

Fonte: SOS CORPO

 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca