ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • União Europeia
  • REDES

    • MCCE

600 famílias agricultoras do Araripe serão beneficiadas com implantação de bancos comunitários de sementes

26/05/2015

Vilmar Lermen (agricultor agroflorestal) apresentou sua experiência com as sementes durante a capacitação

Vilmar Lermen (agricultor agroflorestal) apresentou sua experiência com as sementes durante a capacitação

Resgatar, preservar e multiplicar o estoque se sementes crioulas por meio de bancos comunitários de sementes. É este o objetivo que norteia o Programa Sementes do Semiárido que vai beneficiar diretamente 600 famílias agricultoras com a implantação de 30 bancos comunitários de sementes em dez municípios do Território Sertão do Araripe.

Deste modo, três comunidades dos municípios de Araripina, Ouricuri, Santa Filomena, Parnamirim, Santa Cruz, Exu, Trindade, Granito, Bodocó e Moreilândia receberão apoio para infraestrutura dos bancos, equipamentos e sementes. Além disso, as comunidades que serão selecionadas pelas Comissões Municipais da ASA serão capacitadas para gerenciar o banco de sementes.

Neste sentido, todo o dia de hoje, 15, foi dedicado à capacitação de membros das comissões municipais dos dez municípios, a fim de que todos compreendam os objetivos e critérios do Programa e com isso, tenham mais propriedade para fazer a seleção de comunidades em suas respectivas cidades. O evento aconteceu na sede urbana da Ong Caatinga em Ouricuri.


Para o Coordenador geral do Caatinga, Giovanne Xenofonte, o programa Sementes é um motivador do resgate da semente que os/as agricultores/as vem guardando e produzindo a gerações. “Este é um programa bastante inovador e a gente tem a expectativa de que ele possa alavancar de fato o debate das sementes crioulas, sementes das famílias agricultoras que são sementes que são cultivadas a bastante tempo e que tem uma importância cultural, econômica e social muito importante”, ressaltou.


O agricultor agroflorestal, Vilmar Lermen, que participou da capacitação enfatizou a importância do envolvimento ds sindicatos, associações e conselhos para a implantação efetiva do programa na região. “Eu penso que os STRs devem ser mais parceiros dos agricultores/as, é importante ter a luta e o acesso a políticas públicas mas a gente precisa de um acompanhamento nas feiras, nos roçados e nos bancos de sementes para que a gente possa de fato avançar no território”, enfatizou.

Programa Sementes


O Programa Sementes do Semiárido é uma ação da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). No Araripe ele está sendo executado pela Ong Caatinga.


Fonte: Caatinga

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 81 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca