ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • TTF Brasil

Gestos foi reeleita no Conselho Estadual de Saúde

03/06/2015

Jô Meneses, da Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero, vai representar a organização no Conselho Estadual de Saúde (CES) no segmento de patologias, após reeleição da ONG pernambucana. A Gestos era representada pelo ativista Jair Brandão, quem assumirá a gestão do Estado em Saúde Integral LGBT.

imagem



A instituição reforça a sua atuação no CES, instância deliberativa do Estado para avaliar a condução na área de Saúde Pública e o cumprimento das diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS. “Esperamos contribuir para o fortalecimento do SUS, através do controle social das políticas de saúde. Assim como, pautar as questões referentes à aids, buscando uma melhor qualidade de prevenção para toda a sociedade e de assistência para as pessoas que vivem com HIV e aids”, afirma a conselheira.

“Como a Gestos trabalha com vários outros temas, esperamos também contribuir nas discussões para a garantia dos direitos sexuais e reprodutivos, especialmente das mulheres e da população LGBT, numa perspectiva feminista”, conclui Jô Meneses.

Conselho Estadual de Saúde (CES)
O CES é um órgão colegiado de caráter permanente, paritário e deliberativo, com funções de formular estratégias, controlar e fiscalizar a execução da política estadual de saúde, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, conforme prevê a Lei 12.297, de 12 de dezembro de 2002.

O Conselho é apto a propor e aprovar diretrizes para elaboração do Plano Estadual de Saúde e avalia o modelo estadual de gestão do SUS. Além disso, possibilita a participação da sociedade na gestão do SUS, acompanha e contribui para o fortalecimento dos Conselhos Municipais de Saúde.

Membros
O Conselho Estadual de Saúde é formado por representantes do governo, dos prestadores de serviços, dos profissionais de saúde e dos usuários do sistema. A representação dos usuários é paritária e diversificada, de modo a permitir que os diversos tipos de organizações – associações de moradores, sindicatos, associações de portadores de patologias e de deficiências, movimentos populares, etc. – possam apresentar suas demandas e fazer suas avaliações sobre a Política de Saúde desenvolvida no Estado.

Sobre Jô Meneses
Graduada em Ciências Sociais e mestra em Antropologia pela UFPE, trabalhou na Gestos entre 1994 e 2000, inicialmente com atividades de prevenção à aids com jovens de comunidades populares do Recife.

Posteriormente, passou a coordenar o trabalho de atenção psicossocial às pessoas soropositivas para o HIV, exercendo além da coordenação o acompanhamento do grupo de mulheres soropositivas focando seu trabalho no empoderamento e fortalecimentos das mulheres para o enfrentamento da epidemia dentro de um contexto social de desigualdades econômicas e de gênero.

Hoje atua com políticas públicas de gênero, compondo a equipe da Gestos no Programa de Desenvolvimento Político Pedagógico, e leciona na Faculdade Integrada do Recife (FIR).

Fonte: Gestos 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca