ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Plataforma MROSC

Ato Puta Dei cobra igualdade de acesso a direitos

19/06/2015



No dia 02 de junho, um grupo de pessoas, realizou uma programação para debater assuntos caros à população mundial e que também são uma preocupação histórica da sociedade brasileira, o acesso a direitos humanos básicos.

Exigem - por que direito assegurado não é esmola - segurança, atendimento integral à saúde sem o constrangimento de ser tratado como coisa ou como parte de um corpo humano, direito a respeito dentro e fora do ambiente de trabalho. Direito a acompanhar a vida escolar dos filhos sem passar por discriminação no ambiente escolar em razão de sua profissão.

E as putas* voltaram às ruas! Com um brilho gostoso, brilho de alma revigorada, porque gente quando se reconhece no outro e se abre "ser gente junto" fica mais forte, o reencontro com a coletividade parece engrandecer o espírito.

Se os ventos que sopram do congresso nacional estão impregnados de conservadorismo, cá entre nós, torna-se imprescindível organizarmo-nos, para propormos ações de incidência política desde os movimentos sociais - como devemos nos reconhecer - que reverberem a questão: Estado Democrático de Direito para quem?

Várias organizações e ativistas ligados à luta pelos direitos humanos, como a organização da Parada LGBT de Belém, representantes da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos - SDDH, além de outras representações de mandatos eletivos, participaram politicamente do Ato Puta Dei cuja temática foi Zero Discriminação.

O Puta Dei também foi dia de renovar a "cara do GEMPAC", que ganhou marca nova a partir da parceria firmada com a Faculdade de Comunicação - FACOM da Universidade Federal do Pará - UFPA. Os alunos da disciplina de Comunicação Institucional participaram de toda a organização do Puta Dei e da elaboração e lançamento da nova marca.


O CEDECA-EMAUS através do projeto Stepping UP, Stepping Out (SUSO II) fortalece as ações de empoderamento político, social e econômico das mulheres do GEMPAC e acredita que o trabalho em curso é farol para outras iniciativas de defesa de direitos para trabalhadores de outros segmentos sociais e para as e os trabalhadores sexuais em âmbito internacional!


#‎PutaDei2015

 

#‎ZeroDiscriminação

Fonte: Movimento de Emaús 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 81 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca