ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Pão Para o Mundo
  • REDES

    • Plataforma MROSC

Juventude é pauta de frente parlamentar no Pará

23/06/2015

Na tarde da última quarta-feira (17), foi lançada a Frente Parlamentar em Defesa das Políticas de Juventude do Pará. A ação ocorreu na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA), caracterizando-se como um importante fato para a juventude paraense. Esta Frente será composta por deputados estaduais, representantes do poder executivo estadual e sociedade civil organizada.

Diversos movimentos de juventudes do estado estiveram reunidos no lançamento da Frente, que acontece no momento em que pautas conservadoras, como a redução da maioridade penal, avançam no congresso nacional diante da crescente onda de extermínio de jovens, principalmente os negros moradores das periferias do Brasil.


Segundo o jovem e Deputado Estadual Dirceu Ten Caten, autor do projeto de resolução que criou a Frente, esta “é um momento fundamental para as juventudes do estado do Pará, pois o parlamento estadual vem reconhecendo a importância de se organizar para defender os direitos das juventudes do estado. Estamos na décima oitava legislatura e nunca tivemos sequer uma comissão extraordinária ou permanente que tratasse especificamente dos temas das juventudes. Criamos essa frente, que é mista e que conta com a participação de 14 deputados do poder executivo e, principalmente, com os movimentos sociais que trabalham com o segmento de juventude. Tenho certeza que essa frente parlamentar tem um grande desafio pela frente, de utilizar esse espaço para pautar as políticas públicas de, para e com as juventudes no estado do Pará”.

De acordo com a jovem Wizeen Maia, da Juventude Cabocla Socialista do Pará,  “a criação da frente parlamentar é uma ótima proposta pois ela da voz a juventude que quer mudança e que precisam também”, diz a jovem.

O evento também contou com a presença de Luanna Tomaz, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Para; Lúcia Isabel Silva, professora da Universidade Federal do Pará; Anna Lins, da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos; Dani Rocha, do Levante Popular da Juventude, além de Raimundo Rodrigues da Silva e Renato Smith, representantes do Governo do Estado.

Fonte: Unipop, por Por Andrei Ribeiro e Diego Teófilo

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca