ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Pão Para o Mundo
  • REDES

    • Mesa de Articulación

CAMP promove Ciclo de Formação sobre Democracia e Direitos Humanos

31/07/2015

logo ciclo


Após décadas de articulação entre as lutas populares, a atuação partidária e a participação em espaços institucionais, a esquerda brasileira elegeu os Governos Lula e Dilma assumindo a gestão de uma parcela significativa do poder no país. Em doze anos, esta experiência representou a inversão das prioridades no investimento dos significativos volumes de recursos públicos, o que contribui para a redução da pobreza, o acesso a direitos sociais, políticos e culturais antes negados à grande maioria do povo brasileiro. Apesar destes avanços, não foram implementadas mudanças estruturais no sistema político e econômico, como, por exemplo, as reformas política, agrária, urbana, tributária e, nem mesmo, implementadas medidas de democratização dos meios de comunicação.

A partir de 2013, eclodiram mobilizações sociais e populares por todo o país por transporte, saúde, educação, moradia e contra a corrupção. Embalada por estas mobilizações, articulou-se uma oposição que reuniu parcela significativa da elite brasileira visando desestabilizar o Governo Dilma. Por outro lado, significativa parcela dos setores e movimentos sociais de esquerda também pressiona o Governo para manter e ampliar os seus direitos, em especial, na luta contra a precarização do trabalho, contra o aumento de passagens de ônibus, pela reforma política, pela melhoria das moradias populares, pela garantia dos direitos das mulheres, pelo direito à livre orientação sexual, contra o extermínio da juventude negra, entre outros.

O embate destes dois campos políticos culminou nos enfrentamentos eleitorais de 2014, onde as elites sagraram-se vencedoras na composição do Congresso Nacional e as esquerdas e os movimentos sociais na reeleição da Presidenta Dilma. Esta nova correlação de forças tem contribuído para explicitar os interesses de classe no país, e pautado, quase que diariamente, as organizações e movimentos sociais para também explicitarem suas concepções e projetos de sociedade, de país e de mundo.

Em sua trajetória política o CAMP tem sido um espaço para que as organizações e movimentos sociais possam realizar reflexões, experiências e escolhas estratégicas no sentido de fortalecer seu protagonismo como atores do campo democrático popular. Seguindo nesta missão, estamos propondo o 1º CICLO DE FORMAÇÃO DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS NO BRASIL E NA AMÉRICA LATINA para um grupo de 70 (setenta) lideranças sociais com o objetivo de refletir sobre o momento histórico da luta popular, a identificação das forças que sustentam o sistema capitalista e aquelas com potencial para transformá-lo, na perspectiva da construção de um projeto democrático e popular para o Brasil e América Latina. Ao receber este material, Você é um dos convidados. Para confirmar sua inscrição entre em contato conosco através do e-mail:escoladecidadania@camp.org.br ou pelo fone +55(51) 32126511.

Clique aqui para ver o folder com a programação.

Fonte: CAMP

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 81 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca