ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • Fórum Social Mundial

Dia dos Povos Indígenas: informe expõe ‘o lado obscuro da conservação’ da natureza

07/08/2015

Como motivo do Dia Internacional dos Povos Indígenas, celebrado no próximo domingo, 09 de agosto, a Survival International, movimento global pelos direitos dos povos indígenas e tribais, apresenta um implacável informe em espanhol que expõe o lado obscuro da conservação da natureza e uma declaração por um novo modelo de proteção ambiental, respeitoso com os direitos indígenas, que respaldam já numerosas organizações, personalidades e milhares de pessoas em todo o mundo.

survival


informe da Survival "Os parques necessitam dos indígenas” questiona a eficácia do modelo conservacionista vigente através de um olhar crítico, que denuncia a expulsão de milhões de indígenas de "áreas protegidas” e expõe as injustiças que estes enfrentam em nome da "conservação” da natureza. O estudo examina casos atuais, como o dos "pigmeus” bakas, em Camarões, os bosquímanos, em Botsuana, o as tribos que habitam em reservas para tigres, na Índia.

Quase todas as áreas protegidas são ou foram o lar ancestral dos povos indígenas, que dependem dessas terras e as gerenciam durante milênios. No entanto, em nome da "conservação”:

• Os povos indígenas e tribais estão sendo expulsos ilegalmente dessas áreas.

• São acusados por "furtos” quando caçam para se alimentarem.

• Enfrentam prisões e agressões, tortura e morte nas mãos de patrulhas antifurtos.

• Apesar de que os povos indígenas sejam expulsos, os turistas e, inclusive, em algumas ocasiões, os caçadores que pagam para praticar a caça maior são bem vindos nessas zonas.

survival


"Vi através da porta da nossa casa e vi gente uniformizada com armas. De repente, um deles forçou a porta e começou a gritar que tínhamos que sair imediatamente porque o parque não é nossa terra. A princípio, não entendia o que estava falando porque todos os meus antepassados viveram nessas terras. Eram tão violentos que fui levando meus filhos”, relata no informe uma mãe e viúva batwa do Parque Nacional Kahuzi-Biega, na República do Congo.

Muitas das maiores organizações conservacionistas do mundo, como o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), estão implicadas nessa problemática.

A Survival defende que a forma mais econômica e rápida de conservar áreas de enorme biodiversidade passa por respeitar os direitos territoriais dos povos indígenas e tribais: são quem melhor sabem como cuidar dos seus entornos. Não é casualidade que 80% da biodiversidade do planeta sejam localizadas em suas terras. Por isso elaborou a Declaração de Princípios Sua Terra, Nosso Futuro, como base para um novo enfoque para a conservação da natureza.

Como subscrevem em uma carta associada à Declaração importantes organizações indígenas, Greenpeace, Projeto Grande Símio, Noam Chomsky, Jorge Riechmann e Rosa Montero, entre outros: "O planeta não pode continuar permitindo um modelo de conservação da natureza que destrói os povos indígenas, e que está prejudicando tanto a diversidade humana como o meio ambiente”.

survival


Para ter acesso ao informe Os parques necessitam dos indígenas.

Ler aDeclaração de Princípios Sua Terra, Nosso Futuro.

Ler acarta Sua Terra, Nosso Futuro, assinada por importantes organizações indígenas e personalidades.

Aceder à petição pública para assinar a Declaração de Princípios Sua Terra, Nosso Futuro.

Mais informações sobre a campanha da Survival International Os parques necessitam dos indígenas.

Fonte: Adital

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca