‘Foi covardia. Ninguém estava armado’, diz irmão de trabalhador morto em MT