Por que você quer o #ForaBolsonaro?

🔺 🚩 Ajude a construir as ações nas redes do #19JForaBolsonaro!

💻 Acesse o link e responda em até 260 caracteres: Por que você quer o Fora Bolsonaro❓

Você pode responder este formulário quantas vezes desejar.

Somente a 1ª resposta é obrigatória

📲 Link: http://bit.ly/Construindo19J

Saiba mais

✊🚩457 Atos Confirmados – #19JForaBolsonaro em todo o Brasil e no exterior

(Última atualização 18/06 | 20h00)
Sistematização: Central de Mídia das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo

Bolsonaro é um dos principais responsáveis pelas quase 500 mil mortes ocasionadas pela covid-19 no Brasil.

Participe do #19JForaBolsonaro para colocarmos fim a esse governo genocida!

🔺 Não esqueça:
😷 Máscara (leve mais de uma)
💦 🙏🏽 Álcool em gel
🚶🏻‍♀️ 🚶🏿 🚶🏿‍♀️Mantenha o distanciamento social no ato
📸#️⃣ Poste sua foto ou storie e use as hashtags #ForaBolsonaro #AbongNasRedes

Norte
AC – Cruzeiro do Sul – Caminhada Escola São José | 8h
AC – Rio Branco – Caminhada Gameleira até o Palácio Rio Branco | 15h
AM – Manaus – Caminhada Praça da Saudade | 15h
AP – Macapá – Praça da Bandeira | 16h
PA – Altamira – Sintepp | 08h30
PA – Belém – Caminhada Mercado de São Brás até Praça da República | 8h
PA – Bragança – Praça das Bandeiras | 8h
PA – Breves – Praça Frei Dorsé | 17h
PA – Castanhal – praça Matriz | 08h
PA – Marabá – Ginásio FL 16 | 08h
PA – Paragominas – Câmara Municipal | 08h30
PA – Parauapebas – Carreata PA 275, em frente à CEF | 8h
PA – Santarém – Praça São Sebastião | 16h
RO – Ariquemes – Carreata Espaço Alternativo | 8h30
RO – Cacoal – Parte de Baixo da Praça da Prefeitura | 9h
RO – Guajará-Mirim – Parque Circuito | 9h
RO – Ji-Paraná – Casa do Papai Noel | 9h
RO – Nova União | Concentração centro da cidade | 10h
RO – Porto Velho – Caminhada Praça das 3 caixas d’água | 8h
RO – Porto Velho – Carreata 7 de setembro com a Farquar | 8h
RO – Rolim de Moura – Em frente à Igreja Matriz | 9h
RR – Boa Vista – Carreata e ato Centro Cívico até Jaime Brasil | 9h
TO – Araguaína – Praça das Bandeiras | 16h
TO – Palmas – JK Entrada Leste do Palácio Araguaia (Lado da Serra) | 8h30

Nordeste
AL – Arapiraca – Praça Luiz Pereira | 9h
AL – Delmiro Gouveia – Praça do Coreto | 9h
AL – Maceió – Carro, moto ou a pé Praça Centenário | 9h
AL – Palmeira dos Índios – Praça São Cristovão | 9h
BA – Alagoinhas – Praça Rui Barbosa | 09h
BA – Cabrália – Praça do Coração | 9h
BA – Camaçari – Praça Monte Negro | 9h
BA – Cruz das Almas – Praça Senador Temístocles | 08h30
BA – Curaçá – Praça de Eventos | 15h
BA – Dias D’Ávila – Sinaleira da Rua da Mangueira | 9h
BA – Eunápolis – Praça Gusmão | 9h
BA – Ilhéus – Praça Cairú | 9h
BA – Itaberaba – Av. Ruy Barbosa, antigo Cacique | 17h
BA – Itabuna – Jardim do Ó | 9h
BA – Itapetinga – Em frente ao Moacir Moura | 8h30
BA – Jacobina – Praça do Garimpeiro | 8h30
BA – Jequié – Praça Ruy Barbosa | 9h
BA – Juazeiro – Caminhada Av. Adolfo Viana na Praça Dedé Caxias | 9h
BA – Juazeiro – Carreata Orla Nova | 9h
BA – Feira de Santana – Em frente à prefeitura | 9h
BA – Mata de São João – Mercado Municipal | 8h
BA – Muritiba – Praça Clementino Fraga | 9h
BA – Mutuípe – Feira Livre | 07h
BA – Paulo Afonso – Carreata (saindo da UNEB) | 9h
BA – Poções – Praça do Divino | 9h
BA – Porto Seguro – Praça da Caixa D’Água, Baianão | 9h
BA – Salvador – Largo do Campo Grande até Farol da Barra | 14h
BA – Santa Cruz Cabrália – Caminhada e carro de som Praça do Coração | 9h
BA – Santo Antônio de Jesus – Carreata Concentração Espaço do São João | 14h
BA – São Luís do Curu – Saída de ônibus rumo à Fortaleza (*Aguardando Infos)
BA – Seabra – Praça da Bandeira (Tomate) – 9h
BA – Senhor do Bonfim – Carreata Sindiferro | 9h
BA – Serrinha – Passeata Praça da Estação rumo à Praça Luiz Nogueira | 9h
BA – Teixeira de Freitas – Praça da Bíblia | 8h
BA – Vale do Capão – Caminhada Rufino Rocha até o Coreto da Vila | 15h
BA – Vitória da Conquista – Praça 09 de Novembro | 8h30
CE – Brejo Santo – Praça da Aldeota | 16h
CE – Canindé – Buzinaço na Praça Azul | 16h30
CE – Caucaia – Carreata Praça do Remo, na Jurema | 8h
CE – Crato – Passeata Praça São Vicente | 9h
CE – Fortaleza – Carreata Av. Leste Oeste Santa Edwiges | 15h
CE – Fortaleza – Passeata Praça da Gentilândia | 15h30
CE – Iguatu – Carreata, Motocada e Bicicletada na Av. Fransquinha Dantas | 17h30
CE – Itaiçaba – Mercado Central | 8h
CE – Limoeiro do Norte – Praça do BNB | 7h30
CE – Maracanaú – Praça da Estação | 16h
CE – Russas – Em frente ao STR ao lado do Mercado Novo | 8h
CE – Sobral – Passeata Praça de Cuba | 8h
CE – Tauá – Passeata Praça Capitão Citó (Praça dos Namorados) | 7h30
CE – Tianguá (Região da Ibiapaba) – Em frente ao Mix Atacarejo | 7h
MA – Açailândia – Praça do Pioneiro | 19h
MA – Caxias – Praça da Matriz | 8h
MA – Imperatriz – Praça de Fátima | 8h
MA – Santa Inês – Praça das Laranjeiras | 9h
MA – São Luís – Praça Deodoro até a Maria Aragão | 8h
PB – Campina Grande – Praça da Bandeira | 9h
PB – Cajazeiras – Praça das Oiticicas | 9h
PB – João Pessoa – Caminhada e carreata Lyceu Paraibano, rumo ao ponto de Cem Réis | 9h
PB – Monteiro – Carreata saindo do Portal | 9h
PB – Patos – Em frente aos Correios | 8h30
PE – Arcoverde – Praça de São Cristóvão | 9h
PE – Caruaru – Grande Hotel | 9h
PE – Petrolina – Praça Dom Malan/Catedral | 9h
PE – Recife – Praça do Derby indo pela Conde da Boa Vista até Guararapes | 9h
PE – Recife – Bicicletada Av. Conde da Boa Vista | (*Aguardando dados)
PE – Salgueiro – Av. Agamenon Magalhães (entrada da feira livre) | 08h
PE – São José do Egito – Rua da Baixa, em frente a Estátua do Poeta | 9h
PE – Serra Talhada – Praça do Pajeú /Igreja N.Sra da Penha | 15h30
PE – Surubim – Praça Dídimo Carneiro | 8h30
PE – Vitória de Santo Antão – Praça Duque de Caxias | 9h
PI – Floriano – Praça Coronel Borges (Praça da Câmara Municipal | 8h
PI – Parnaíba – Semáforo da Av. Pinheiro Machado com Samuel Santos | 16h
PI – Picos – Praça Félix Pacheco | 8h
PI – Piripiri – Praça da Bandeira | 10h
PI – Teresina – Praça Rio Branco | 8h
RN – Caicó – Esquina do Mercado Público | 7h30
RN – Mossoró | praça Cícero Dias em frente ao Teatro Municipal | 16h
RN – Natal – Midway Mall até Natal Shopping Center | 15h
RN – Pureza – Ato na Feira Livre | 6h
SE – Aracaju – Praça da Bandeira | 9h
SE – Capela – Praça da Matriz | 08h
SE – Itabaiana – Carreata, Calçadão Airton Teles (Anfiteatro) | 16h

Centro-Oeste
DF – Brasília – Carreata Praça do Buriti em direção à Esplanada) | 8h
DF – Brasília – Caminhada Biblioteca Nacional em direção ao Congresso Nacional | 9h
GO – Águas Lindas – Praça da Bíblia | 7h30
GO – Anápolis – Praça do Ancião | 9h
GO – Aurilândia – Ginásio de Esportes | 17h
GO – Catalão – Praça do Eldorado (Castelo Branco) | 8h
GO – Ceres – Parque Curumim | 8h
GO – Cidade de Goiás – Praça do Chafariz | 9h30
GO – Formosa – Jardim Planalto | 10h
GO – Goiânia – Caminhada e Carreata Praça Cívica | 9h
GO – Itapirapuã – Passeata Praça da Matriz | 17h
GO – Itumbiara – Capim de Ouro | 8h30
GO – Jataí – Carreata e Bicicletada Lago Diacuy | 9h
GO – Pirenópolis – Carreata concentração Residencial Luciano Peixoto | 9h30
GO – Porangatu – Carreata, motocada e bicicletada Av. Federal com Rua 2, em frente à Curinga dos Pneus no Centro | 17h
GO – São Luís de Montes Belos – Praça da República | 14h30
MT – Cáceres – Caminhada e Carreata Praça da Cavalhada | 8h
MT – Cuiabá – Prainha – Ato Simbólico | 6h
MT – Cuiabá – Carreata SESC Arsenal – Sentido Santa Isabel | 8h
MT – Cuiabá – Praça Alencastro | 10h
MT – Juína – Carreata Ginásio de Esportes | 16h
MT – Tangará da Serra – Carreata Corpo de Bombeiros | 14h30
MS – Bonito – Praça da Liberdade | 16h
MS – Campo Grande – Praça do Rádio | 9h
MS – Corumbá – Concentração na Frei Mariano com a Dom Aquino | 8h30
MS – Coxim – Caminhada antiga Praça da Concha | 15h
MS – Dourados – Praça Antônio João | 9h30
MS – Itaquirai – Trevo BR-163 | 9H
MS – Nova Andradina – Praça do Museu -Ato Simbólico | 9h
MS – Três Lagoas – Praça do Relógio | 9h

Sudeste
ES – Alegre – Praça Seis de Janeiro Leve 1kg de alimento para doação | 15h
ES – Aracruz – Praça São João Batista | 9h
ES – Cachoeiro – Antiga estação ferroviária | 11h
ES – Colatina – Ato no Calçadão | 9h
ES – Linhares – Praça dos Correios | 9h
ES – Marataízes – Rotatória da Barra | 15h
ES – Nova Venécia – Carreata Praça do Filomena | 9h30
ES – Vitória – Carro, Bike e a pé UFES até Assembléia Legislativa | 15h
MG – Além Paraíba -Carreata concentração Bairro da Saúde | 10h
MG – Alfenas – Praça da Rodoviária Antiga | 15h30
MG – Araçuaí – (*Aguardando infos)
MG – Araguari – em frente ao Bosque John Kennedy |10h
MG – Bambuí – Carreata na entrada da cidade | 11h
MG – Barbacena – em frente à Policlínica | 10h
MG – Belo Horizonte – Praça da Liberdade até Praça da Estação | 13h30
MG – Betim – Viaduto do Jacintão | 9h
MG – Bocaiúva – Praça Wandick Dumont | 8h
MG – Brumadinho- Concentração no Letreiro e caminhada até a Praça da Rodoviária | 10h
MG – Campo Belo – Praça dos Expedicionários | 9h30
MG – Caratinga – Praça da Estação | 15h
MG – Cataguases – Ponte Metálica | 8h30
MG – Conselheiro Lafaiete – Praça Barão de Queluz | 13h
MG – Diamantina – Carreata Igreja Nossa Senhora Aparecida | 9h – saída carreata e Ato simbólico na Praça do Mercado Velho | 10h.
MG – Divinópolis – Rua São Paulo | 9h
MG – Divinópolis – Praça Santuário | 10h
MG – Formiga – Praça da Rodoviária | 7h
MG – Goianá – Praça Aimbiré de Paula Andrade | 15h
MG – Gonçalves – Portal da Cidade | 11h
MG – Governador Valadares – Praça da Estação | 10h
MG – Ipatinga Praça Primeiro de Maio | 9h
MG – Itabira – Rodoviária | 9h
MG – Itabirito – em frente a Prefeitura | 9h
MG – Itajubá – Praça Wenceslau Braz | 10h
MG – Itaúna – Praça da Matriz | 9h
MG – Ituiutaba – Praça da Prefeitura | 8h30
MG – João Monlevade – Câmara Municipal | 09h
MG – Juiz de Fora – Parque Halfeld | 10h
MG – Lavras – Praça Dr. Augusto Silva | 10h
MG – Leopoldina – Praça Felix Martins | 9h
MG – Montes Claros – Praça do Automóvel Clube | 9h
MG – Muriaé – Parque de Exposições | 10h
MG – Ouro Branco – Praça da Prefeitura | 9h
MG – Ouro Preto – Praça Tiradentes | 10h
MG – Patos de Minas – Praça do Coreto | 9h30
MG – Passos – Estação Cultura | 10h
MG – Poços de Caldas – Parque Affonso Junqueira | 15h
MG – Ponte Nova – Praça Palmeiras | 9h
MG – Pouso Alegre – Catedral | 9h30
MG – Raposos – No Cruzeiro | 8h
MG – Ribeirão das Neves – Praça de Justinópolis | 9h
MG – Santa Bárbara – Praça Leste de Minas | 10h
MG – São Sebastião do Paraíso – Carreata CAIC Rua José Braz Neves n° 100 | 15h
MG – São João Del Rei – Em frente ao Dom Bosco | 10h
MG – São Lourenço – Calçadão II | 14h30
MG – Serro – Parque de Exposições da Cidade | 16h
MG – Sete Lagoas – Praça Tiradentes | 9h
MG – Três Pontas – Praça da Fonte | 9h
MG – Ubá – Av. Comendador Jacinto Soares de Souza Lima | 15h30
MG – Uberaba – Praça Rui Barbosa | 9h
MG – Uberlândia – Praça Ismene Mendes | 9h30
MG – Varginha – Praça do ET | 10h
MG – Viçosa – 4 Pilastras | 9h30
SP – Americana – Carreata Rua Vitório Pertile, 49 (sentido Santa Bárbara D’Oeste)
SP – Atibaia – Complexo Santa Clara | 15h e Lago do Major | 17h
SP – Assis – Praça da Catedral | 9h
SP – Araçatuba – Praça Rui Barbosa, Centro | 10h
SP – Araras – Praça Barão em frente à Casa de Cultura | 10h
SP – Barretos – Praça da Igreja de Sant’Ana e São Joaquim, Bairro Nadir Kenan | 15h
SP – Batatais – Praça do Antigo SESI | 14h
SP – Bauru – Praça Rui Barbosa | 14h
SP – Boiçucanga | 16h (*Aguardando infos)
SP – Botucatu – Largo São José | 15h
SP – Bragança Paulista – Carreata Concha Acústica | 10h
SP – Cajamar – Carreata Rua atrás do Ginásio do Polvilho | 9h
SP – Campinas – Caminhada Largo do Rosário até Centro | 10h
SP – Campinas – No Terminal Barão Geraldo | 16h30
SP – Caraguatatuba – Carreata Quiosque 32 Indaiá | 9h
SP – Carapicuíba – Ato Simbólico na Vila Dirce e ida à Av. Paulista | 10h
SP – Cotia – Largo da Matriz | 13h
SP – Conchal – Semáforo do Centro, com coleta de alimentos e produtos de higiene | 10h
SP – Diadema – Terminal Diadema | 14h
SP – Franca – Em frente ao SENAI da Av. Presidente Vargas 2500 | 9h
SP – Garça – Carreata em frente a Praça da Prefeitura | 14h
SP – Guaratinguetá – Praça Condessa de Frontin (estação) | 9h
SP – Hortolândia – Em frente à Delegacia Parque dos Pinheiros | 9h
SP – Ibitinga – Concha Acústica | 17h
SP – Ilhabela – Praça da Mangueira | 15h
SP – Ilhéus – Praça Cairú | 9h
SP – Indaiatuba – Av. Francisco de Paula Leite esquina do SESI em frente ao posto BR | 14h
SP – Itanhaém – Boca da Barra | 15h
SP – Itapecerica – Praça da Árvore | 11h
SP – Itapetininga – Concentração Carreata SESI sentido Paróquia N.S.das Estrelas | 13h30
SP – Jaboticabal – Ato Virtual | 16h
SP – Jacareí – Pátio dos Trilhos – 9h30
SP – Jaguariúna – Praça Umbelino Bueno | 10h
SP – Jaú – Em frente ao Cemitério | 9h
SP – Jundiaí – Carreata Paço Municipal | 9h30
SP – Jundiaí – Ato na Ponte Torta | 11h
SP – Laranjal Paulista – Carreata Cemitério da Saudade | 13h30 e Ato Simbólico Largo São João | 14h30
SP – Leme – Lago Municipal | 10h
SP – Lençóis Paulista – Concha Acústica | 15h
SP – Limeira – Carreata Av. Maestro Xixirri | 10h
SP – Lorena – Praça Arnolfo Azevedo | 9h
SP – Mairiporã – Praça do Rosário (Antiga Rodoviária) | 9h30
SP – Marília – Praça Saturnino de Brito (em frente à Prefeitura) | 10h
SP – Mogi das Cruzes – Largo do Rosário | 10h
SP – Mogi Guaçu – Carreata em frente ao Hakuna Matata | 10h
SP – Mogi Mirim (Estiva Gerbi e Itapira) – Carreata Rua Expedicionários, 38 | 9h
SP – Monte Alto – Praça Central de Monte Alto | 10h
SP – Osasco – Caminhada Rua Antônio Agu/Estação de Osasco | 13h30
SP – Paulínia – Na frente da Igreja São Bento | 9h
SP – Peruíbe – Rua Colombo Americano dos Santos, entre o MC Donald’s e a Praça Flórida | 10h
SP – Piracicaba – Praça José Bonifácio | 10h
SP – Piracaia – Praça do Rosário | 15h
SP – Porto Ferreira – No Calçadão | 14h
SP – Praia Grande – Av. Pau Brasil em frente ao Krill no Samambaia | 10h
SP – Presidente Prudente – HALF Pista de Skate no Parque do Povo | 16h30
SP – Ribeirão Preto – Caminhada Esplanada do Teatro Pedro II | 9h
SP – Registro – Praça dos Expedicionários | 15h
SP – Rio Claro – Praça Dalva de Oliveira | 9h
SP – Rio Preto – Em frente à Câmara Municipal | 16h
SP – Santo André – Praça do Carmo | 10h
SP – Santo André – Paço Municipal | 13h
SP – São Bernardo – Carreata Rua Odeon (Colégio Vereda atrás do Terminal Ferrazópolis) | 10h
SP – São Carlos – Praça dos Voluntários, Mercadão e semáforos no entorno | 10h
SP – São José dos Campos – Praça Afonso Pena | 09h
SP – São Miguel do Arcanjo – Carreata, Bicicletada, Motocada Lagoa do Guapé | 14h
SP – São Roque – Carreata Brasital, Av. Aracaí 250 com arrecadação de alimentos | 10h30
SP – Santos – Estação da Cidadania | 16h
SP – São José dos Campos – Praça Afonso Pena | 9h
SP – São Luiz do Paraitinga – Carreata – Bairro do Orris | 15h
SP – São Paulo – Bicicletada Praça do Ciclista | 13h30
SP – São Paulo – MASP | 16h
SP – São Sebastião – Costa Sul – Praça Pôr do Sol
SP – Sertãozinho – Carreata no Docão | 10h
SP – Socorro – Carreata Praça do Fórum | 14h30
SP – Sorocaba – Praça Coronel Fernando Prestes (Catedral) | 10h
SP – Taquaritinga – Carreata Igreja Matriz | 10h
SP – Taubaté – Bolsão Avenida do Povo | 9h
SP – Tatuí – Carreata Av. das Mangueiras | 10h
SP – Tupã – Praça da Imigração Japonesa | 13h
SP – Ubatuba – Rotatória do Pescador | 16h
SP – Vinhedo – Praça de Sant’Anna | 10h
RJ – Angra dos Reis – Praça do Papão | 10h
RJ – Barra do Piraí – Carreata Rua Angélica (Light) | 8h30
RJ – Barra Mansa | Praça da Matriz | 11h
RJ – Barra do Piraí – Carreata Rua Angélica (Light) | 8h30
RJ – Bom Jesus de Itabapoana | Praça Governador Portela | (*Aguardando Infos)
RJ – Campos – Praça São Salvador | 9h
RJ – Itaperuna | Concha Acústica | 16h
RJ – Macaé – Praça Veríssimo de Melo | 9h30
RJ – Nilópolis – Praça dos Estudantes | 9h
RJ – Niterói – Barcas, para seguir ao ato da capital (Estação Araribóia) | 8h
RJ – Nova Friburgo – Praça Demerval Barbosa | 14h
RJ – Nova Iguaçu – Praça Direitos Humanos Via Light | 9h
RJ – Petrópolis | Praça da Inconfidência | 11h
RJ – Resende – Mercado Popular | 10h
RJ – Rio das Ostras – Posto de saúde da Família ncora | 9h
RJ – Rio de Janeiro – Monumento Zumbi dos Palmares até Candelária | 10h
RJ – Santo Antônio de Pádua | Concentração Bar Cariocando | 11h
RJ – Silva Jardim – Igreja Católica do Centro | 14h
RJ – Teresópolis | Praça do Sakura | 9h
RJ – Três Rios – Praça São Sebastião | 16h
RJ – Valença – Jardim de Cima | 10h
RJ – Vassouras – Praça Eufrásia Teixeira Leite | 10h
RJ – Visconde de Mauá – Campo de Futebol | 16h
RJ – Volta Redonda – Vila UFF | 9h

Sul
PR – Antonina – Carreata e Bicicletada Praça Coronel Macedo | 9h
PR – Apucarana- Carreata Rodoviária de Apucarana | 9h
PR – Campo Mourão – Carreata Escola CAIC | 9h30
PR – Cascavel – Carreata em frente ao Tuiutí sentido à Prefeitura | 9h
PR – Cianorte – Carreata Praça Duque de Caxias (Av. Arthur Tomas) | 9h30
PR – Curitiba – Praça Santos Andrade | 15h
PR – Foz Iguaçu – Praça da Paz | 9h
PR – Francisco Beltrão – Praça da Matriz | 10h
PR – Guarapuava – Praça Cleve | 10h
PR – Irati – Rua da Cidadania | 10h
PR – Laranjeiras do Sul – Av. Santos Dumont (Super creche 2) | 9h
PR – Londrina – Em frente ao Teatro Ouro Verde | 16h
PR – Maringá – Praça Raposo Tavares | 14h
PR – Matinhos- Rotatória | 9h
PR – Morretes – Carreata concentração na Copel | 15h
PR – Paranaguá – Praça dos Leões | 9h
PR – Pato Branco- Em frente a Igreja Matriz | 16h
PR – Ponta Grossa – Praça Barão de Guaraúna | 15h
PR – Telêmaco Borba – Prefeitura Municipal | 16h
PR – Umuarama – Praça Arthur Thomas | 11h
PR – União da Vitória – Praça Coronel Amazonas | 15h
RS – Alegrete – Calçadão | 15h
RS – Alvorada – Parada 44, em frente à Corsan | 10h
RS – Bagé – Praça do Coreto | 10h
RS – Cachoeirinha – Em frente à CEF | 13h30
RS – Caçapava do Sul – Praça do Noca | 15h
RS – Campo Bom – Praça João Blos | 10h
RS – Canela – Parque do Palácio | 15h
RS – Canoas – Praça do Avião | 13h
RS – Capão da Canoa – Em frente à CEF |16h30
RS – Caxias do Sul – Praça Dante | 15h
RS – Cruz Alta – Em frente à Câmara Municipal | 10h
RS – Eldorado do Sul – Praça Central | 9h30
RS – Erechim – Esquina Democrática | 13h30
RS – Esteio – Praça do Soldado | 10h
RS – Gravataí – Em frente à RGE, parada 79 | 10h
RS – Guaíba – SINPACEL | 10h
RS – Ibirubá – Praça dos Imigrantes | 16h
RS – Ijuí – Praça dos Imigrantes | 15h
RS – Imbé – Ponte Giuseppe Garibaldi | 13h
RS – Lajeado – Parque dos Dick | 15h
RS – Montenegro – Praça dos Ferroviários | 10h
RS – Novo Hamburgo – Praça Punta Del Este | 10h
RS – Osório – Praça da Matriz – Ato Regional | 10h
RS – Osório – Carreata Escola General Osório | 15h
RS – Passo Fundo – Praça da Mãe | 15h
RS – Pelotas – Largo do Mercadinho | 10h
RS – Porto Alegre – Largo Glênio Peres | 15h
RS – Rio Grande – Largo Dr. Pio | 11h
RS – Rolante – Rua Coberta | 11h
RS – Rosário do Sul – Rua João Brasil com Rio Branco na Esquina Democrática | (*Aguardando infos)
RS – Santana do Livramento – Parque Internacional | 10h
RS – Santa Cruz do Sul – Praça da Bandeira | 15h
RS – Santa Maria – Praça Saldanha Marinho | 10h
RS – Santa Vitória do Palmar – Em frente ao Correio | 15h
RS – Santiago – Praça Moisés Viana | 10h30
RS – Santo Angelo – Praça Raul Oliveira | 9h30
RS – Santo Antônio da Patrulha – Praça da Boa Viagem | 9h30
RS – São Borja – Praça 15 de Novembro | 14h
RS – São Francisco de Paula – Av. Júlio de Castilhos, em frente ao Banrisul | 10h
RS – São Leopoldo – Caminhada Praça do Imigrante | 10h
RS – São Sepé – Praça das Mercês | 15h
RS – Sapiranga – Praça da Bandeira | 9h
RS – Sapucaia do Sul – Calçadão | 13h30
RS – Taquara – Rua Coberta | 9h
RS – Torres – Praça XV | 14h30
RS – Tramandaí – Em frente à Prefeitura | 15h
RS – Viamão – Santa Isabel | 10h
RS – Venâncio Aires – Rua Osvaldo Aranha esq. Rosauto Veículos | 9h
RS – Uruguaiana – Praça do Trevo – Duque com Setembrino | 13h30
RS – Xangri-lá – Em frente à Prefeitura | 15h
SC – Araranguá – Relógio do Sol | 9h
SC – Balneário Camboriú – Praça Tamandaré | 15h
SC – Blumenau – Praça do Teatro Carlos Gomes | 10h
SC – Brusque – Ato distribuição de máscaras e arrecadação de alimentos Praça Gilberto Colzani (Praça do Chafariz) | 10h
SC – Caçador – Carreata concentração em frente ao IFSC | 9h30. Seguindo para atos simbólicos na Praça do Berger | 10h30, e no centro do bairro Martello | 11h30
SC – Chapecó – Carreata Praça Coronel Bertaso em frente à Catedral | 9h30
SC – Criciúma – Praça da Chaminé | 9h
SC – Florianópolis – Praça Tancredo Neves (Praça da ALESC) | 9h
SC – Garopaba – Carreata e Bicicletada Rua Álvaro E. Nascimento | 15h
SC – Herval d’Oeste – Carreata saindo da Praça Daniel Olímpio da Rocha | 14h15
SC – Imbituba – Praça Henrique Lage | 8h30
SC – Itajaí – Calçadão da Hercílio Luz | 10h
SC – Jaraguá do Sul – Ato na Praça ngelo Piazera | 9h
SC – Joinville – Praça da Bandeira | 10h
SC – Laguna – Cais do Centro | 9h30
SC – Lages – Praça João Costa (Calçadão) | 15h
SC – Palhoça – Praça 7 de setembro | 9 h
SC – Porto União – Praça Amazonas | 15h
SC – Rio do Sul – Ato e Arrecadação de alimentos Praça Ermembergo Pellizzetti | 9h30
SC – São Bento do Sul – (*Aguardando infos)
SC – São Cristóvão do Sul – Ato nas margens da BR 116 | 10h
SC – São Lourenço do Oeste – Carreata Centro de Eventos | 10h
SC – São Miguel do Oeste – Ato no Trevo | 10h
SC – Sombrio – Cemitério Municipal | 9h
SC – Tubarão – Carreata e Caminhada Praça da Arena Multiuso | 13h30
SC – Xanxerê – Ato na Praça Tiradentes | 9h30

🌎🌍 Atos no Exterior
18/06
EUA – Washington – Consulado do Brasil em Washington – 1030 15th St NW | 12h (horário local)

19/06
Alemanha – Berlim – Pariser Platz Brandenburger Tor | 11h45 (horário local)
Alemanha – Colônia – Roncalli Platz | 16h (horário local)
Alemanha – Frankfurt – Romënberg (descer na Estação Römer)| 15h (horário local)
Alemanha – Freiburg – Platz der alten Synagoge | 10h (horário local)
Alemanha – Leipzig – Marktplatz | 16h (horário local)
Alemanha – Munique – Geschwister-Scholl-Platz | 16h (horário local)
Alemanha – Freiburg – Platz der alten Synagoge | 10h (horário local)
Alemanha – Tübingen – Holzmarkt | 14h (horário local)
Argentina – Buenos Aires – Embaixada do Brasil | 14h (horário local)
Argentina – La Rioja – Plaza 25 de Mayo | 17h (horário local)
Argentina – Rosário – no Consulado do Brasil | 11h (horário local)
Argentina – Santa fé – rua San Martin esquina Lisandro de la Torre | 11h (horário local)
Áustria – Viena – Graben | 11h (horário local)
Bélgica – Bruxelas – Place l’Albertine | 16h (horário local)
Canadá – Montreal – no Monument à George-Étienne Cartier| 17h (horário local)
Canadá – Quebec – em frente ao Parlamento | 10h
(horário local)

Canadá – Toronto – Queen’s Park (King Edward VII Equestrian Statue)| 15h (horário local)
Canadá – Vancouver – Art Gallery North Plaza | 13h (horário local)
Dinamarca – Aarhus – Mølleparken | 15h (horário local)
Espanha – Barcelona – Plaça Sant Jaume | 19h (horário local)
Espanha – Madrid – Saída de Cibeles até Sol | 18h (horário local)
Espanha – Palma de Maiorca – Parc de la Mar Calle del Mirador (Entre la catedral y el lago) | 20h (horário local)
EUA – Austin/TX – Central Market | 16h (horário local)
EUA – Boston – Consulado do Brasil em Boston | 14h (horário local)
EUA – Chicago – (*Aguardando Infos)
EUA – Connecticut – (*Aguardando Infos)
EUA – Flórida – Delray Beach | 9h (horário local)
EUA – Flórida – Deerfield Beach | 10h (horário local)
EUA – Los Angeles – em frente ao Federal Building (11000 Wilshire Blvd, LA) | 10h (horário local)
EUA – Nova York – Union Square | 16h (horário local)
EUA – San Francisco (*Aguardando Infos)
Finlândia – Helsinki Senate Square | 8h (horário local)
França – Paris – Place de la Bataille de Stalingrad, 75010 | 18h30 (horário local)
França – Toulouse – Square Charles de Gaulle (Rua Alsace Loraine) | 11h30 (horário local)
Grécia – Atenas – (*Aguardando Infos)
Holanda – Amsterdam – Dam 1 | 14h30 (horário local)
Irlanda – Dublin – Spire | 10h (horário local)
Irlanda – Cork – Dount Square | 10h (horário local)
Irlanda – Galway – Spanish Arch | 14h (horário local)
Itália – Bolonha – Piazza Nettuno | 19h30 (horário local)
Portugal – Aveiro – Praça Dr Joaquim de Melo Freitas | 15h30 (horário local)
Portugal – Braga – Praça da República em frente ao Chafariz | 18h (horário local)
Portugal – Coimbra – Praça 8 de Maio | 11h (horário local)
Portugal – Lisboa – Cimo do Parque Eduardo VII (Junto à Bandeira de Portugal) | 15h30 (horário local)
Portugal – Porto – Centro Português de Fotografia, Largo Amor de Perdição | 16h (horário local)
Portugal – Porto – Av. dos Aliados | 18h (horário local)
Reino Unido – Londres – Embaixada do Brasil | 12h (horário local)
Reino Unido – Londres – Embaixada do Brasil | 14h (horário local)
Reino Unido – Oxford – Fernando’s Cafe City Center | 13h (horário local)
República Tcheca – Praga – Národnímu Muzeu | 15h
Suécia – Estocolmo – Parque Tantolunden | 14h (horário local)
Suíça – Genebra – (*Aguardando Infos)
Suíça – Zurich- LandesMuseum| 11h (horário local)
Venezuela – Caracas – Embaixada do Brasil | 10h (horário local)

20/06
Itália – Roma – Piazzale Del Verano 20h (horário local)

 
Não localizou o ato da sua cidade na lista? Escreva para a gente informando o horário e o local ou, se não tiver nada marcado, organize com seus companheiros/as e amigos.
Saiba mais

A ABONG CONDENA A VIOLÊNCIA POLICIAL NOS ATOS PACÍFICOS CONTRA BOLSONARO NO RECIFE

As organizações pernambucanas filiadas à Associação Brasileira de ONGs – ABONG, vem a público se solidarizar com militantes e ativistas atacados covardemente e repudiar com veemência a violência policial ocorrida hoje no Recife em ato contra o governo Bolsonaro.

Estava sendo uma manifestação pacífica, respeitando os cuidados com proteção individual e o distanciamento físico, quando foram surpreendidas/os no final por uma ação covarde e violenta do batalhão de choque da PM de Pernambuco.

As/os manifestantes foram pegos pelos policiais de surpresa com bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha, além do uso de spray de pimenta.

Nós cobramos explicações urgentes ao governador Paulo Câmara responsável pela PM que protagonizou momentos de terror e medo no fim desta manhã no centro do Recife.

A Abong – Organizações em Defesa dos Direitos e Bens Comuns – é uma plataforma de atuação nacional que congrega organizações que lutam contra todas as formas de discriminação, de desigualdades, pela construção de modos sustentáveis de vida e pela radicalização da democracia.

Lutar por justiça social, democracia e direitos não é crime.

#ForaBolsonaro #VacinanoBraçoComidanoPrato
#SomosTodasONGs

Saiba mais

✊🚩 Atos Confirmados – 29 em todo o Brasil 🇧🇷 ✊🚩

(Última atualização 24/05 | 13h20)

Sistematização: Central de Mídia das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo

Bolsonaro é um dos principais responsáveis pelas mais de 440 mil vidas perdidas e o agravamento da pandemia, elevando a fome e o desemprego.

Vamos às ruas contra esse governo e a favor da saúde! Por um auxílio emergencial de no mínimo R$600,00 e vacina para todas e todos.

Não esqueça a sua máscara e o álcool em gel!

Veja abaixo os atos confirmados pelo Brasil:

29/05

Norte
PA – Belém – Pça da República | 8h
TO – Palmas – Av. Juscelimo Kubitschek – em frente ao Palácio Araguaia | 9 h

Nordeste
AL – Maceió – Praça dos Martírios | 9h
BA – Salvador – Largo do Campo Grande | 10h
CE – Fortaleza – Carreata Arena Castelão | 15h
CE – Fortaleza – Praça da Gentilandia | 15h30
CE – Juazeiro do Norte – Praça da Prefeitura | 8h
MA – São Luís – Praça Deodoro | 16H
PB – João Pessoa – Carreata Praça da Independência
(até Parque da Lagoa) | 09h
PB – Patos – Correios | 8h
PE – Recife – Praça do Derby | 9 h
PI – Teresina – Praça Rio Branco | 16h
RN – Natal – Em frente ao Midway Mall | 15h
SE – Aracaju – Pça de Eventos entre os Mercados | 8h

Centro-Oeste
DF – Brasília – Teatro Nacional | 9h
GO – Goiânia – Praça Cívica | 9h
MS – Campo Grande – em frente a UFMS – 8h
MS – Dourados – 9h
MS – Três Lagoas – 9h
MT – Cuiabá – Praça Alencastro | 15h

Sudeste
ES – Vitória – UFES | 15h
MG – Barbacena – Praça da Matriz | 10h
MG – Belo Horizonte – Praça da Liberdade | 10H
MG – Governador Valadares – Praça dos Pioneiros | 9h
MG – Juíz de Fora – Parque Halfeld | 10h30
MG – Uberaba – Praça Rui Barbosa | 11h
MG – Uberlândia – Praça Ismene Mendes | 10h
MG – Viçosa – 4 Pilastras | 9h30
RJ – Rio de Janeiro – Monumento Zumbi dos Palmares | 10h
RJ – Campos – Praça São Salvador | 10h
SP – Ilha Bela – Praça da Mangueira (em frente ao colégio ACEI) | 9h
SP – Ribeirão Preto – Esplanada do Teatro Pedro II | 10h
SP – Santos – UNIFESP | 15h
SP – Santos – Estação Cidadania | 16h
SP – São Bernardo do Campo – Paço Municipal de SBC | 10h
SP – São José dos Campos – Rodovia Carvalho Pinto | 9h
SP – São Paulo – MASP | 16h
SP – Taubaté – Praça Dom Epaminondas | 10h

Sul
PR – Curitiba – Praça Santos Andrade | 16h
PR – Foz do Iguaçu – Praça da Paz | 9h
PR- Ponta Grossa – Praça Barão de Guaraúna | 16h
SC – Florianópolis – Largo da Alfândega | 10h
RS – Passo Fundo – Praça da Mãe | 8h
RS – Porto Alegre – Prefeitura | 15h

 

Saiba mais

Não Somos Desconforto Social

Ao Excelentíssimo Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo Deputado Carlão Pignatari,
Às Excelentíssimas Senhoras Deputadas Estaduais,
Aos Excelentíssimos Senhores Deputados Estaduais,
A toda a sociedade civil.

A Associação Brasileira das Organizações Não Governamentais – Abong, entidade da sociedade civil brasileira fundada em 1991 e que congrega mais de 250 organizações de defesa dos direitos e bens comuns, vem apresentar MOÇÃO DE REPÚDIO ao Projeto de Lei Estadual 504/20 de autoria da Sra. Deputada Marta Costa.
A Abong é uma entidade que tem como um de seus objetivos o combate a todas as formas de discriminação, racial, étnica e de gênero, por entender que são obstáculos à construção da cidadania e dos direitos fundamentais. Nos seus 20 anos de atuação, a entidade contribuiu para a consolidação da democracia no Brasil. O posicionamento sobre o Projeto de Lei 504/20 parte da ideia que este representa uma afronta aos direitos fundamentais garantidos na Constituição de 1988, aos direitos humanos e à cidadania, uma vez que reforça a discriminação à população LGBTQIA+.
A partir dos argumentos levantados abaixo, pretende-se apresentar os elementos jurídicos que demonstram a inconstitucionalidade do Projeto de Lei 504/20.
Em primeiro plano, há um grave erro formal no que tange a competência para disciplinar sobre a matéria. O projeto de lei em questão versa sobre a propaganda comercial, pretendendo proibir propagandas comerciais que façam alusão a “preferências sociais” (expressão copiada do Projeto de Lei) e movimentos sobre diversidade sexual relacionados a crianças no Estado de São Paulo. No entanto, a Constituição Federal estabelece expressamente no seu artigo 22, inciso XXIX, que compete privativamente à União legislar sobre a propaganda comercial. Ou seja, esta matéria é atribuída ao Congresso Nacional e não às Assembleias Legislativas Estaduais. Desta forma, o Projeto de Lei 504/20 apresenta um vício de competência, por isso é inegável a sua inconstitucionalidade formal. A proposta em questão busca realizar uma forma de censura a determinados tipos de propaganda, o que é proibido pelo texto constitucional. Vale ressaltar que há precedentes jurídicos no mesmo sentido, tais quais os posicionamentos do Supremo Tribunal Federal nas ADI 2815, ADI 4761 e ADI 5432.
Um segundo aspecto de suma importância é a inconstitucionalidade material do Projeto de Lei 504/20 por violar direitos fundamentais e humanos à liberdade de expressão, à igualdade, à não discriminação, à proibição de censura e à dignidade da pessoa humana.
O projeto de lei da deputada Marta Costa apresenta proibições vagas sobre a propaganda comercial e sequer delimita os tipos de práticas que visa proibir, o que permite uma amplitude do que é considerado ilícito, gerando a discriminação e a censura de pessoas LGBTQIA+, inconciliáveis com o Estado Democrático de Direito.
O texto proposto reforça ainda a estigmatização, o preconceito e a lgbtfobia ao identificar que pessoas LGBTQIA+ seriam “prejudiciais” a crianças e adolescentes. Esta concepção é incompatível com a igualdade, princípio basilar da sociedade democrática. O Tribunal Europeu de Direitos Humanos reconhece o respeito aos direitos da diversidade sexual e de gênero da população LGBTQIA+ enquanto direitos humanos. O mesmo tribunal já reuniu ampla jurisprudência afirmando que não há nenhuma prova que crianças e adolescentes poderiam ser prejudicados com o convívio e ensino sobre respeito às pessoas LGBTQIA+. Pelo contrário, os estudos científicos apontam a importância da educação sexual e o combate ao preconceito como meio de proteger as próprias crianças e adolescentes contra quaisquer formas de discriminação.
Destacamos, ainda, que a emenda parlamentar apresentada pela Deputada Janaína Paschoal ao Projeto de Lei 504/20 também é inconstitucional em relação a forma e matéria. A emenda pretende proibir expressamente bloqueios hormonais na puberdade e hormonização de adolescentes. Em relação ao vício formal, a emenda não tem nenhuma relação com o objeto de projeto de lei, mas trata de assunto completamente distinto. Sobre a questão material, a emenda também viola os mesmos direitos fundamentais do projeto de lei, somado ao fato de impor uma restrição intensa de direitos à saúde e à personalidade de pessoas transexuais.
Por fim, considera-se que o Projeto de Lei 504/20 fere o interesse público ao não reconhecer o direito da população LGBTQIA+ e reforçar a discriminação de um grupo social que já sofre diversas violações. Nunca é demais lembrar que o Brasil está na lista dos países que mais mata pessoas LGBTQIA+ no mundo. O projeto de lei em questão vai na contramão do avanço jurídico brasileiro de proteção a essas pessoas. Esta evolução ocorre tanto a nível federal com as decisões do Supremo Tribunal Federal sobre a união estável homoafetiva e lgbtfobia, quanto a nível estadual, sendo que o Estado de São Paulo foi pioneiro na legislação que pune administrativamente a discriminação por orientação sexual ou igualdade de gênero (Lei Estadual 10.948/2001).
É urgente que o poder legislativo avance cada vez mais na proteção as pessoas LGBQIA+, sendo um retrocesso a aprovação do Projeto de Lei 504/20 pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.
Por todo o exposto, requeremos o encaminhamento desta moção a todas as Deputadas e Deputados da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e que a mesma seja anexada ao PL 504/2020 para que seja realizada sua leitura na Sessão de Discussão do PL 504/2020.

São Paulo 29 de abril de 2021

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS – ABONG

Saiba mais

SOS AMAPÁ – Fim ao apagão social

A Abong, entidade nacional da sociedade civil brasileira que congrega centenas de organizações de defesa de direitos de todo o país, vem a público denunciar o descaso do Governo Estadual e do Governo Federal com a população do Amapá frente à crise do abastecimento da energia, o que tem gerado graves problemas para a manutenção das condições básicas da vida.

Como é de conhecimento, há mais de dez dias, um dos transformadores da estação de transmissão, de responsabilidade da empresa privada espanhola Isolux, teve um superaquecimento e pegou fogo, comprometendo o abastecimento de energia para 13 das 15 cidades do Amapá. A este acidente, provavelmente resultado da falta de qualidade no atendimento da empresa privada, somou-se o pouco caso que os órgãos responsáveis, em especial o Ministério de Minas e Energia, a ANAEEL e o próprio Governo do Estado, deram à crise instalada.

Até o presente momento, os órgãos públicos responsáveis e a empresa Isolux não assumiram a responsabilidade na solução do problema com a urgência que a situação exige. Mais que isso, não há uma cobrança efetiva por respostas da empresa Isolux, que segue como se não fosse responsável pela crise instalada no Estado. Mais agravante ainda é o verdadeiro apagão social que assola a população do Amapá e a escalada de violência dos órgãos da segurança pública contra os movimentos e as organizações da sociedade civil que exigem a solução imediata para o problema do abastecimento de energia.

A situação se apresenta como mais um resultado da lógica de privatização dos serviços públicos essenciais e da incapacidade das empresas privadas, que tem como principal objetivo o lucro, em assumirem a responsabilidade de garantia do bem comum.

Por tudo isso, a Abong apela para que a sociedade brasileira tome consciência da gravidade da crise no Amapá e exige que o Governo Federal e o Governo do Estado do Amapá cumpram com sua responsabilidade institucional, trazendo uma solução imediata para a crise energética e a crise social que assolam este importante Estado brasileiro.

Brasil, 16 de novembro de 2020.

Conselho Diretor da Abong

Saiba mais

Nota de solidariedade à organização Católicas pelo Direito de Decidir e em defesa da liberdade de expressão e associação no Brasil

Na última terça-feira, 27, foi publicada uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo que impôs censura ao nome da organização Católicas pelo Direito de Decidir. Segundo a decisão da 2ª câmara de Direito Privado, a associação não poderá usar o “católicas” no nome porque teria finalidade incompatível com os “valores adotados pela Igreja Católica de modo geral e universal”. A Católicas pelo Direito de Decidir atua no Brasil há 27 anos sendo reconhecida nacional e internacionalmente pelo seu trabalho de incidência em defesa dos direitos das meninas e das mulheres, dentre eles o direito a optar pelo aborto legal em casos previstos na lei (estupro, risco de morte da mãe e anencefalia).

 

Para nós, que integramos a sociedade civil brasileira, a decisão viola gravemente os direitos à liberdade de expressão e associação, além de corroborar com práticas censórias que caminham na contramão das sociedades democráticas. Decidir unilateralmente pela mudança de nome de uma entidade reconhecida, inclusive pelo Supremo Tribunal Federal (STF), abre um precedente jurídico e político muito perigoso e é um ato digno de rechaço inclusive porque, em nenhum outro país – seja na América Latina, nos EUA ou na Europa – que a organização atua, foi vítima desse tipo de ingerência e perseguição.

 

Diante disso, as entidades abaixo assinadas não só repudiam a decisão e expressam solidariedade à Católicas pelo Direito de Decidir, como também se colocam no acompanhamento e na luta contra mais este ataque às organizações da sociedade civil. Não recuaremos na defesa de que a entidade seja chamada pelo nome que lhe é próprio e digno de reconhecimento desde que surgiu. Reafirmamos que a sociedade civil organizada, seja na luta pelos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres, em defesa do Estado laico, da liberdade religiosa, seja dos demais direitos humanos, é parte fundamental das sociedades democráticas e sua atuação deve ser reconhecida e garantida pelos poderes judiciário, executivo e legislativo.

 

Que a Católicas pelo Direito de Decidir, assim como todas as organizações da sociedade civil brasileira, sejam, a cada dia, mais reconhecidas pelos seus relevantes papéis na defesa de direitos e por uma vida digna e justa para todas e todos.

São Paulo, 29 de outubro de 2020.

 

Assinam esta nota:

 

Abong – Organizações em Defesa dos Direitos e Bens Comuns

Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social

ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos

Ação Educativa

Aliança de Batistas do Brasil

ANTRA – Associação Nacional de Travestis e Transexuais

Articulação de Mulheres Brasileiras – AMB

Articulação de Mulheres Brasileiras – AMB Rio

ARTIGO 19

Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA)

Associação de Favelas de São José dos Campos

Associação de Juventudes, Cultura e Cidadania – AJURCC

Associação Ecumênica de Teólogos/as do Terceiro Mundo, ASETT

Associação Mulheres da Comunicação – Goiás

Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia ANPEPP

Associação Vida Brasil

Bruta Flor Coletivo Feminista – PB

CAMP – Escola de Cidadania

CAMTRA – Casa da Mulher Trabalhadora

CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular

CEJIL Centro pela Justiça e o Direito Internacional

Central de Movimentos Populares – CMP

Centro Dandara de Promotoras Legais Populares

Centro de Atividades Culturais, Econômicas e Sociais/CACES – Organização feminista, anticapitalista e antirracista

Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis

Centro de Educação e Assessoria Popular – CEDAP

Centro de Estudo e Defesa do Negro – CEDENPA

Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé

Centro de Formação, Assessoria e Pesquisa em Juventude – CAJUEIRO (Goiânia-GO)

Centro de Promoção da Cidadania e Defesa dos Direitos Humanos Pe Josimo-MA.

Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ)

CEPIA – Cidadania Estudo Pesquisa Ação

CFEMEA – Centro Feminista de Estudos e Assessoria

Círculo de Cooperação Borborema

Coletivo Contágio – Grupo de Arte e HIV/aids

Coletivo de Juristas Feministas

Coletivo de mulheres de Ananindeua em Movimento

Coletivo Feminista 4D (RJ)

Coletivo Feminista Maria Augusta Thomaz (Magu) – SP

Coletivo Madalenas RJ

Coletivo Mulheres, Políticas Pública e Sociedade – MUPPS

Coletivo Vozes Marias (Recife/Pernambuco)

Comissão Atenta e Forte (Comissão de Combate à Violência contra as Mulheres no Carnaval)

Comissão da Mulher Advogada da OAB – Pará

Comissão de Direitos Humanos de Passo Fundo – CDHPF

Comitê Goiano de Direitos Humanos Dom Tomás Balduino

Comitê Latino-Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos das Mulheres – CLADEM/Brasil

Comunidade Cristã na Zona Leste – SP (CCZL)

Conectas Direitos Humanos

Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP SP)

CSP- Conlutas

Cunhã Coletivo Feminista

Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Campina Grande (DCE UFCG)

Diversidade Católica do Rio de Janeiro

Espíritas Plurais

Evangélicas Pela Igualdade De Gênero – EIG

Evangélicxs Pela Diversidade

FICAS

FOAESP – Fórum das Ong Aids do estado de São Paulo

Fórum de Gênero da Aliança de Batistas do Brasil

Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense – FMAP

Fórum de Mulheres de Imperatriz-MA

Fórum Nacional de Reforma Urbana – FNRU

Fórum Nacional Pela Democratização da Comunicação – FNDC

Frente De Evangélicos Pelo Estado De Direito

Frente Evangélica pela Legalização do Aborto – FEPLA

Frente Feminista Pará

Frente Paranaense pelo Direito à Comunicação e Liberdade de Expressão – Frentex PR

Frente Popular de Mulheres Contra o Feminicidio/Piauí;

GADvS – Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gênero

Geledés – Instituto da Mulher Negra

GEPSID – Grupo de Estudos e Pesquisas Subjetividades e Instituições em Dobras – (UERJ/UFRJ/IFRJ)

Gestos – Soropositividade, Comunicação e Gênero.

GIV – Grupo de Incentivo à Vida

GREFAC – Grupo de Estudos sobre Família Contemporânea (UERJ/UFRJ)

GREPO (Gênero, Religião e Política) Grupo de pesquisa do Programa de Pós Graduação em Ciência da religião da PUC-SP

Grupo (CNPq) Saúde Mental e Gênero (UnB)

Grupo de Ação Pastoral da Diversidade – Católicxs LGBTI+ – São Paulo

Grupo de Estudos e Pesquisas Subjetividades e Instituições em Dobras – GEPSID (UERJ/UFRJ/IFRJ)

Grupo de Estudos sobre Família Contemporânea (GREFAC – UERJ/UFRJ)

Grupo de pesquisa (CNPq) Saúde mental e Gênero/UnB

Grupo de Pesquisa Mídias Alternativas na Amazônia. CNPq -UFPA

Grupo de Trabalho sobre Feminicídio em Salvador, Bahia – GTFem

Grupo Filho de Davi – Católicxs pela diversidade – Iguatu Ce

Grupo Inquietações: arte, saúde e educação (UFPA)

GT Mulheres e Agroecologia da Articulação do Semiárido Paraibano

GT Psicologia e Estudos de Gênero da Anpepp – Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia

IBASE – Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas

IDhES – Instituto de Estudos Jurídicos de Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais

Igreja Batista Do Caminho – RJ

Igreja da Comunidade Metropolitana de Belo Horizonte

Igrejas da Comunidade Metropolitana do Brasil

Inesc – Instituto de Estudos Socioeconômicos

Iniciativa das Religiões Unidas – URI/ Círculo de Cooperação Borborema

Instituto Caminhante (ICa)

Instituto Cultural Barong

Instituto de Estudos da Religião – ISER

Instituto Ethos de empresas e responsabilidade social

Instituto Lélia Gonzalez

Instituto Prios de Políticas Públicas e Direitos Humanos

Internacional Mouvement We Are Church – Nós Somos a Igreja – São Paulo/SP Brasil

IPJ – Instituto Paulista de Juventude

ISER – Instituto de Estudos da Religião

Iser Assessoria – Religião, Cidadania e Democracia

Justiça Global

Koinonia Presença Ecumênica e Serviço

Laboratório de Direitos Humanos da UFRJ (LADIH)

Laboratório de Teorias e Práticas Feministas / PACC – UFRJ

LGBTQIA+ Espíritas

MARIAS

MOSMEB – Movimento Social de Mulheres Evangélicas do Brasil

Move Social

Movimento de Mulheres do Campo e da Cidade do Estado do Pará – MMCC

Movimento e Articulação de Mulheres do Estado do Pará- MAMEP

Movimento Mulheres em Luta (MML)

Movimento Negro Evangélico – Bahia

Movimento Vamos Juntas – Campina Grande/PB

Mulheres Contra o Fascismo Pará

Mulheres de Asé do Brasil

MUSA – Programa de Estudos e Cooperação Técnica em Gênero e Saúde do Instituto de Saúde Coletiva/Universidade Federal da Bahia

Núcleo de Assessoria Jurídica Universitária Popular (NAJUP)

Núcleo Madalenas da Rede Nacional de Grupos Católicos LGBT

NUDERG – Núcleo de Estudos sobre Desigualdades Contemporâneas e Relações de Gênero (UERJ)

NUDERG- Nucleo de Estudos sobre Desigualdades e Relações de gênero

Observatório de Sexualidade e Política

Ocupa Política

Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político

Plataforma Intersecções

Política para Mulheres – Belém/Pa

Projeto Liberdade Igualdade Sororidade LIS

Projeto Redomas

Projeto Saúde, Cidadania e Direitos Humanos/UFPA

PSTU – Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado

Quilombo Raça e Classe

RBdc – Rede Brasileira de Conselhos

Red TEPALI (teólogas, Pastoras, Activistas y Lideresas Cristianas)

Rede Conhecimento Social

Rede de Comunicadores e Comunicadoras por Direitos Humanos no Pará

Rede de Mulheres da Associação Mundial de Rádios Comunitárias AMARC Brasil

Rede de Mulheres em Comunicação

Rede Democracia e Participação

Rede Ecumênica da Juventude – REJU

Rede Feminista Curviana

Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Reprodutivos – RFS

Rede Fluminense De Núcleos De Pesquisa De Gênero, Sexualidade E Feminismos Nas Ciências Sociais – Redegen

Rede Jornalistas Livres

Rede Jubileu Sul Brasil

Rede Madalenas

Rede Madalenas

Rede Médica pelo Direito de Decidir – Global Doctors for Choice /Brasil

Rede Nacional de Grupos Católicos LGBT

Rede TeoMulher

Rede TeoMulher

REDE TEPALI – BRASIL

RNP+ Brasil – Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e Aids

SDDH – Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos

Ser-Tão, Núcleo de Ensino, Extensão e Pesquisa em Gênero e Sexualidade

Setor de Gênero do MST

SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia

Telia Negrão – Rede de Saúde das Mulheres Latinoamericanas e do Caribe/RSMLAC

Tem Mulher na Igreja!

Terra de Direitos

Themis – Gênero, Justiça e Direitos Humanos

Ylê Asé Ojú Oyá – SP

Central de Movimentos Populares – CMP

Centro de Estudo e Defesa do Negro – CEDENPA

Círculo de Cooperação Borborema

Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP SP)

Grupo de Estudos e Pesquisas Subjetividades e Instituições em Dobras – GEPSID (UERJ/UFRJ/IFRJ)

Grupo de Estudos sobre Família Contemporânea (GREFAC – UERJ/UFRJ)

ISER – Instituto de Estudos da Religião

Movimento de Mulheres do Campo e da Cidade do Estado do Pará – MMCC

Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Reprodutivos – RFS

SDDH – Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos

Saiba mais

Nota Pública | COVID 19 – Campanha Vacina para Todas e Todos

A Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), entidade da sociedade civil brasileira que congrega mais de 250 organizações de defesa de direitos, vem a público fazer uma convocação de adesão à Campanha Vacina para Todas e Todos, em prol do direito coletivo e universal à imunização contra a Covid-19.

 

É preciso que, nos termos definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), as medidas necessárias para o enfrentamento da pandemia, especialmente a vacina, sejam consideradas como bens comuns, não disponíveis para a lógica de lucro e de interesses comerciais. O Brasil, através do Sistema Único de Saúde (SUS), tem os mecanismos institucionais, jurídicos e econômicos capazes de garantir este direito. As resoluções e orientações do Conselho Nacional de Saúde também caminham neste sentido.

 

A pandemia do novo coronavírus demonstrou de forma implacável que os seres humanos habitam uma mesma casa e precisam conviver em estreita relação de equilíbrio com os demais seres vivos. A quebra desta harmonia – causada pelo atual modelo de desenvolvimento centrado no lucro – gera graves impactos sociais e ambientais, podendo inviabilizar as condições de manutenção da vida no planeta. Atualmente, há várias crises em gestação – a sanitária é apenas uma dentre tantas que a humanidade precisa enfrentar.

 

A saída para a crise sanitária é a adesão coletiva, consciente e responsável de toda a humanidade e de seus governos às medidas de prevenção ao contágio por meio do isolamento social e da testagem em massa. Também são fundamentais o uso de máscaras e as medidas de higienização nos locais e situações em que a circulação de pessoas é necessária.

 

A saída definitiva, no entanto, é a vacinação de todas as pessoas, única forma de garantir o controle da disseminação da doença neste momento.

 

Mas há um grande risco neste processo, que é a manutenção da lógica do lucro em detrimento da vida e das pessoas. A pandemia do novo coronavírus tem se inserido na mesma dinâmica do chamado capitalismo de catástrofes, onde, em nome da emergência e da necessidade urgente de enfrentamento de um problema grave, empresas privadas – com o beneplácito de governos – exacerbam valores, impõem regras e normas, visando ampliar seus lucros sobre o sofrimento humano.

 

Neste contexto, a Abong apoia a aprovação do PL 1462/2020[1] apresentado por dezenas de parlamentares de vários partidos, como PT, PSB, Cidadania, DEM, PTB, PCdoB, Podemos, PSDB, PSD e PSL. Ademais, defendemos que seja garantida a articulação entre o Governo Federal, os Governos Estaduais e Municipais através do Conselho Nacional de Saúde (CNS) para acompanhar todo o processo de testagem e validação das vacinas em território nacional, sua aprovação pela ANVISA, as políticas de aquisição, preços e quantidades e a definição dos protocolos e calendários de imunização da população brasileira.

 

Estas medidas não podem sofrer influência de interesses político-partidários ou eleitorais porque são questões de Estado, de segurança pública e sanitária, exigindo dos agentes públicos alto nível de compromisso com a vida da população.

 

Por fim, reiteramos, portanto, nosso apelo para que a sociedade civil organizada, suas instituições e organizações se somem à Campanha Vacina para Todas e Todos.

Saiba mais e faça parte da campanha também!

Acesse: VacinaParaTodas

Conselho Diretor

 

[1] https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2242787

Saiba mais

Extermínio da Juventude Negra

A pandemia da COVID-19 impôs, nos últimos meses, o debate sobre defesa da vida, seja nos principais noticiários e veículos de imprensa, no dia-a-dia das conversas habituais, nas mudanças de cenário das ruas e espaços que frequentamos em nosso cotidiano, todos estamos pensando ou falando sobre proteção. Crises políticas e econômicas por mais profundas, não ofuscam a contagem dos mortos e as celebrações em torno daqueles que se recuperam despontam em forma de alívio, quase como um sorriso entre os dentes.

As desigualdades tornaram tudo ainda pior, sem saneamento básico, acesso à saúde e condições básicas de subsistência, o extermínio dos mais pobres segue sua marcha de terror. Já são quase 20 mil mortos oficialmente notificados em todo país, a maioria deles localizados nas periferias das grandes cidades. De acordo com dados do boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, nesta terça-feira (19/05), 54,8% dos óbitos registrados são de pessoas pretas e pardas. Embora as pessoas brancas ainda sejam a maioria entre os pacientes hospitalizados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (51,4%), elas viram minoria entre os mortos (43,1%). A inversão da proporção de internações e mortes entre negros e pardos evidenciam o racismo institucionalizado: somos 45,7% nos hospitais, mas 54,8% das vítimas fatais.

Esta poderia ser mais uma nota que elenca as desigualdades no país que tem sua centralidade na exclusão da população negra, mas a contagem dos nossos mortos têm sido naturalizada desde muito e agora temos o coronavírus como mais um inimigo. Desde a última sexta-feira, 15, inúmeras operações policiais aconteceram em diferentes comunidades do Rio de Janeiro. A semana terminou com uma chacina no Complexo do Alemão, na qual o Estado Brasileiro legitimou e assassinou 13 pessoas por meio da Polícia Militar da capital fluminense. O início de uma nova semana, que ainda nem acabou, contou com mais incursões que resultaram na morte de João Pedro, 14 anos, assassinado – e, posteriormente sequestrado – na sala de sua casa. Iago César Gonzaga, 21 anos, morto por policiais em uma ação no bairro do Acari, Zona Norte do Rio, além da perda de João Vitor, 18 anos, baleado ontem durante um entrega de cestas básicas na Cidade de Deus. O padrão se repete e a intenção é a mesma: o extermínio da população negra por todos os meios possíveis.

É inadmissível que as operações policiais sigam em curso durante a pandemia, quando isolamento social é exigido pelos órgãos governamentais e recomendado por autoridades sanitárias. Tal situação amplia a fragilidade das populações de comunidades, cujos próprios recursos de proteção e defesa estão limitados num cenário de surto de COVID-19. Além disso, embora sejam registradas apreensão de drogas e armas, vale registrar que em qualquer momento todas estas ações são residuais, ineficazes e não asseguram o direito humano à segurança pública nem dos moradores das comunidades, muito menos do entorno. É preciso que a Secretaria da Segurança Pública do RJ, a Corregedoria Geral da PM e o Executivo Nacional sejam responsabilizados e se manifestem sobre as intervenções policiais, que apenas deflagram mais mortes, sobretudo de jovens negros – assassinados a cada 23 minutos ( Mapa da Violência, 2017).

Nós da Abong – Organizações em Defesa dos Direitos e Bens Comuns manifestamos solidariedade às famílias das vítimas e seguimos na construção cotidiana da luta antirracista e enfrentamento do genocídio da juventude negra em aliança com organizações e entidades do movimento negro nacional e internacional.

#SomosTodosJoãoPedro
#SomosTodosIago
#SomosTodosJoãoVitor
#AlvosdoGenocidio

#AbongNasRedes

Saiba mais